Podemos tomar leite se somos intolerantes à lactose?


A intolerância à lactose, produzida no organismo de pessoas que diante da ausência de uma enzima conhecida como lactase têm dificuldades para digerir a referida lactose ou açúcar natural presente no leite, é uma doença que sofrem 1 de cada 3 pessoas na sociedade espanhola, isto quer dizer que temos de afastar o leite de nossa dieta diária? Em nosso blog de Saúde-vos falamos da primeira leite sem lactose, enriquecida com vitamina B6. Sobre a intolerância à lactose O cansaço, a tristeza, o mal-estar geral, a distensão abdominal, náuseas ou diarreia são alguns dos sintomas mais comuns associados à antes comentada intolerância à lactose. Apesar de os dados oficiais falam da existência atual de um 34% dos cidadãos afetados por essa intolerância, o certo é que apenas 10% destes casos são diagnosticados. Os exames que, no âmbito médico, são colocadas em prática para detectar a intolerância à lactose, que abrangem desde as chamadas provas de encorajamento para lactose-hidrogênio, análise do ph presente nas fezes ou teste de tolerância ao açúcar natural do leite. De entre os produtos lácteos podem ser mais fáceis de digerir destacamos leite de soja, produtos fermentados, como o iogurte, sorvete, ou, até mesmo, o leite de cabra. Não obstante, como se dizia em linhas anteriores, o fato de ser intolerante à lactose não quer dizer que tenhamos que sacrificar o consumo de leite na nossa dieta, uma vez que contém nutrientes que são necessários para a nossa dieta, como a vitamina D, o cálcio, proteína ou riboflavina. Não devemos confundir a intolerância com a alergia à proteína do leite de vaca, porque neste último caso, sim, é necessário eliminar este tipo de alimento na dieta diária dado que o seu organismo pode ser vítima de uma reação alérgica de especial gravidade no aparelho digestivo, vias respiratórias ou, até mesmo, a pele. No entanto, se falamos de uma intolerância, basta optar por produtos deslactosados. Benefícios do leite sem lactose e com vitamina B6 Uma alternativa para o nosso organismo com o objectivo de continuar apostando nesta bebida saudável é procurar produtos como os que nos trazem desde Pascal, através da primeira leite sem lactose, enriquecida com vitamina B6 que podemos encontrar no mercado. Além de manter o sabor agradável e atraente que caracteriza este tipo de produtos, o certo é que Pascal foi adicionado no seu leite sem lactose da enzima conhecida como lactase de que falamos no início, encarregada de dividir a lactose e transformá-la em açúcares mais simples, fazendo com que o nosso organismo possa digerir mais facilmente. Precisamente, por ser rica em vitamina B6, o leite de Páscoa sem lactose será de utilidade para combater os sintomas associados com o cansaço ou fadiga, dando a sensação de maior energia e força para enfrentar cada uma de nossas responsabilidades diárias. A piridoxina ou vitamina B6 é um nutriente essencial que, para além de nos ajudar a combater o cansaço, por ser ideal para a síndrome pré-menstrual e as complicações relacionadas com a menstruação ou as náuseas matinais relacionadas com a gravidez. Lembre-se, se você é intolerante, não desista de leite. Em produtos como o leite de Páscoa sem lactose enriquecida em vitamina B6 pode encontrar a ajuda de que necessita para melhorar o seu bem-estar e sentir-se mais forte e saudável, aproveitando todos os nutrientes da bebida, que são necessários para o seu dia-a-dia. O que vos parece a vós, leite sem lactose e enriquecido em vitamina B6 de Pascal?