Dicas para construir a massa muscular com carboidratos


Os aminoácidos provenientes das proteínas, são os componentes básicos do tecido muscular. No entanto, não é tudo o que o corpo precisa para aumentar a massa muscular. O corpo também precisa de energia dos carboidratos para ter combustível suficiente para o crescimento muscular. A obtenção de carboidratos adequados também se assegura de que o corpo tenha energia suficiente para alimentar outros processos, tais como a função do cérebro. Sem a quantidade adequada de carboidratos, o corpo pode quebrar o tecido muscular. Passo 1 Consuma alimentos com baixo teor de gordura, as fontes de grãos integrais de hidratos de carbono, como o arroz e o macarrão de trigo integral. Evite as fontes de alto teor de gordura e "brancas", como o pão e fritos que podem adicionar calorias extras. Passo 2 Siga o guia da pirâmide alimentar para saber o número de porções e tamanhos adequados a sua idade, peso e nível de atividade. Passo 3 Consuma alimentos colorído, tais como cenouras e batatas doces. Estes alimentos fornecem vitaminas, além disso, os hidratos de carbono que você precisa para dar combustível para seus exercícios. Passo 4 Evite aumentar o excesso de sal, manteiga ou molhos fortes. O sal pode causar retenção de líquidos, enquanto a manteiga e molhos fortes adicionam calorias extras como gordura. Adicionar o tomate e outros molhos não muito fortes, ou ervas e temperos como o alho, que adicionam sabor e nutrientes. Passo 5 Evite o açúcar refinado, mel e xaropes, ou usá-los com moderação. Esses elementos são fontes ricas em hidratos de carbono, também podem causar picos de açúcar no sangue e acrescentam calorias. Passo 6 Toma um lanche que combine carboidratos integrais, como o pão de trigo integral, e uma proteína, como a carne de peito de peru, dentro de 30 minutos após a conclusão das sessões de treino com pesos. Passo 7 Adicionar hidratos de carbono, proteínas e legumes em cada refeição, para garantir o equilíbrio. Passo 8 Coma várias pequenas refeições por dia para manter o seu metabolismo. É fundamental fazer 5 refeições por dia. As interrupções longas entre as refeições pode provocar ruptura no músculo.