Cuidar das gengivas em pacientes diabéticos


A diabetes e as doenças periodontais (doenças das gengivas) mantêm uma relação bidirecional e se condicionam mutuamente. Os mecanismos que explicam essa relação são complexos, tal como afirma a SEPA (Sociedade Espanhola de Periodontia e Osteointegração). Por um lado, a diabetes provoca uma resposta inflamatória exagerada frente a bactérias patogênicas presentes na gengiva, provocando a destruição dos tecidos periodontais de suporte. Por outro lado, as doenças periodontais podem desencadear ou aumentar a resistência à insulina. Por estes motivos, os pacientes diabéticos devem cuidar especialmente da saludde suas gengivas dado que a periodontite é um factor de risco para a sua doença, é comparável a obesidade, o sedentarismo ou uma alimentação deficiente. Dicas para cuidar das gengivas, se você é diabético Para saber que tipo de cuidados periodontais devem observar os pacientes diabéticos conversamos com uma das clínicas dentárias em Aveiro que mais trabalham na conscientização sobre a importância das doenças das gengivas entre seus pacientes: Caredent Ferrara. A partir desta clínica nos dão as seguintes recomendações: -Manter hábitos corretos de higiene oral: escovado diariamente após cada refeição e uso de fio dental. -Ir ao dentista, pelo menos, uma vez por ano e visitar a consulta do dentista em caso do aparecimento de qualquer sintoma que possa indicar um início ou agravamento da saúde periodontal. –Controlo da diabetes: revisões médicas periódicas, alimentação adequada, atividade física regular... -Evitar o tabaco: é importante lembrar que fumar aumenta a probabilidade de sofrer de uma doença periodontal, além de agravar os sintomas deste tipo de patologias. -Examinar periodicamente a cavidade bucal em busca de sinais de alerta: gengivas sangrantes, vermelhas, inchadas e sensíveis, mau hálito, dor ao mastigar, secura da boca, lesões ou úlceras na língua, dentes frouxos, gengivas esteiras totalmente retraída ou dentes que parecem mais longos do que o normal. Os profissionais de Caredent Ferrara também indicam que há muitas outras doenças que afetam, com maior freqüência, os pacientes diabéticos como cáries, disfunções das glândulas salivares, infecções por fungos ou cicatrização lenta. E, se bem que as pessoas com problemas de glicose devem prestar especial atenção à sua saúde oral, "o cuidado dos dentes e das gengivas deve ser um compromisso diário que cada pessoa deve assumir desde a infância, e manter ao longo de toda a vida", tal como nos lembram a partir desta clínica dentária em Ferrara.