A água enriquecida com oxigênio


Embora há muito tempo, na passada FIBO 2013 realizada em Madrid tive a oportunidade de visitar um stand em que se promovia "água enriquecida com o oxigénio" como um custo adicional para aprimorar o desempenho esportivo, especialmente em esportes de resistência. Os pontos em que se apoiavam os comerciais eram os seguintes: Tudo isso, sem dar referências científicas ou provas que o apoiassem, claro está. Apesar de duvidar muito de sua funcionalidade, decidi testá-lo já que se ofereciam para um granizado de frutas grátis. As conclusões subjetivas que consegui foram: Minhas dúvidas iniciais, juntamente com os nulos efeitos da prova subjetiva, me fizeram tentar investigar os poucos estudos que existem sobre o tema. Deles, pude concluir que: De fato, para enrolar enrolar, quando o oxigênio contido nos produtos foi medido, ele descobriu que era mais alto do que a água da torneira, mas não atinge a quantidade que indica o fabricante (2g de oxigênio por litro de água). Está clara a importância da oxigenação muscular no esporte, mas parece que a água enriquecida com o oxigénio não melhora a capacidade cardíaca e circulatoria em atletas, por isso não há indicações que façam recomendar este produto. Isto é devido a que as quantidades de O2 que se podem dissolver-se em água potável são minúsculas em comparação com o que se requer para o exercício e, como já disse, a absorção intestinal significativa de O2 não está demonstrada.