5 Ervas e especiarias com poderosos benefícios para a saúde


O uso de ervas e especiarias tem sido muito importante ao longo da história. Muitas delas foram utilizadas muito antes por suas propriedades medicinais, antes que pelo seu valor culinário. Além disso, a ciência moderna tem demonstrado que muitos deles oferecem notáveis propriedades e benefícios para a saúde. Daí que seja tão importante a sua presença na cozinha moderna. 10 de ervas e temperos mais saudáveis do mundo Hoje, oferecemos a primeira entrega de nosso especial com 10 das ervas e temperos mais saudáveis do mundo. – A canela reduz os níveis de açúcar no sangue e têm um importante efeito anti-diabético Há alguns dias vos falar das incríveis propriedades nutritivas de canela, uma das especiarias mais populares, que podemos encontrar, por sua vez, em todo o tipo de receitas e produtos assados. O valor da canela vem dado pelo cinamaldehído, que é o verdadeiro responsável por suas propriedades medicinais. A canela tem uma potente atividade antioxidante que ajuda a combater a inflamação e está demonstrado que pode reduzir o colesterol e triglicérides no sangue. Mas onde realmente se destaca na canela seus efeitos sobre os níveis de açúcar no sangue. E é o que pode ajudar a reduzir o açúcar no sangue, por vários mecanismos, incluindo a desaceleração do metabolismo de hidratos de carbono no trato digestivo e melhorando a sensibilidade à insulina. Os estudos têm demonstrado que a canela pode reduzir a glicemia em jejum entre 10 e 30% em pacientes diabéticos, que é uma quantidade muito importante para estas pessoas. A dose que se considera mais eficaz é de média a 2 colheres de chá de canela por dia. – A sálvia pode melhorar a função cerebral e a memória Desde a Idade Média, a sálvia é conhecida por suas propriedades curativas, e até foi utilizada para evitar pragas. Atualmente, as pesquisas têm demonstrado que a sálvia pode melhorar a função cerebral e a memória, especialmente em pessoas doentes de Alzheimer. Esta doença vem acompanhada por uma descida do nível de acetilcolina, um mensageiro químico presente no cérebro. A seiva que inibe a degradação da acetilcolina. Do mesmo modo, vários estudos têm demonstrado que a sálvia pode melhorar a função da memória em pessoas saudáveis, jovens e adultos. – Hortelã alivia a dor na síndrome do intestino irritável e pode reduzir as náuseas A hortelã tem uma longa tradição de uso na medicina popular e aromaterapia. Como no caso de outras ervas, é o componente oleoso, que contém o responsável pelos efeitos positivos para a saúde. Muitos estudos têm demonstrado que o óleo de hortelã-pimenta pode melhorar o controle da dor na síndrome do intestino irritável. Parece que relaxa os músculos lisos do cólon, o que alivia a dor sentida durante a defecação. Também ajuda a reduzir o inchaço abdominal, que é um sintoma comum a digestão. Por outro lado, a hortelã ajudaria a combater as náuseas, tanto em mulheres grávidas, como em partos por cesarianas e após a cirurgia. – A cúrcuma contém curcumina, uma substância com efeitos anti-inflamatórios potentes Açafrão é a especiaria que dá ao caril a sua cor amarela. Contém vários compostos com propriedades medicinais, o mais importante dos quais é a curcumina. A curcumina é um potente antioxidante, que ajuda a combater o dano oxidativo. Isto é importante, pois acredita-se que o dano oxidativo a ser um dos mecanismos-chave por trás de envelhecimento e de várias doenças. A curcumina também é um potente anti-inflamatório, até o ponto em que coincide com a eficácia de alguns fármacos anti-inflamatórios. Dado que, a longo prazo, a inflamação de baixo nível desempenha um papel importante em quase todas as doenças crônicas, não é surpreendente ver que a curcumina, está ligada a uma ampla variedade de benefícios para a saúde. Os estudos sugerem que pode melhorar a função cerebral, lutar contra a doença de Alzheimer, reduzir o risco de doenças do coração e o câncer, e aliviar a artrite, para citar alguns efeitos positivos para a saúde. – Manjericão a 'santa' combate infecções e aumenta a imunidade Não deve ser confundido com outros tipos de manjericão, manjericão morada é considerada sagrada na Índia. Diferentes estudos têm demonstrado que esse tipo de manjericão pode inibir o crescimento de uma série de bactérias, leveduras e moldes. Outra pesquisa demonstrou que estimula a função do sistema imunológico com o aumento de certas células imunes no sangue. Igualmente, está também associada a níveis baixos de açúcar no sangue antes e depois das refeições, bem como o tratamento da ansiedade e da depressão relacionada com a ansiedade.