5 dicas para evitar lesões em movimentos diários


Manter uma boa postura e ter em conta algumas dicas de treinamento na vida diária pode ajudar a prevenir lesões musculares e vários distúrbios como stress, fadiga e dores de cabeça. Se bem que o corpo realiza o maior esforço físico no ginásio, durante o dia se encontra em constante movimento. É possível que algumas atividades quotidianas de forma imprudente ou demasiado brusca, produzindo lesões e, portanto, diminuindo o desempenho físico. Por isso, é importante adquirir uma postura correta e retomar alguns movimentos aprendidos treinando, para fortalecer as costas e evitar mover-se de forma nociva. A forma em que uma pessoa se levanta, senta-se ou dorme e a posição que adota durante a maior quantidade do dia, não só pode afetar a sua posterior desempenho, mas também afetar a sua saúde em geral. Certos traumatismos da coluna vertebral ou lesões produto de um mal esforço ou uma má posição, podem afetar a qualidade de vida. Este tipo de doenças, além da dor local muscular, produzem um mal-estar geral, impactando no ambiente familiar, social e, claro, de trabalho. As chaves de postura aprendidas durante um treino ou através da prática de um esporte, não devem esquecer que, ao sair do gym ou trocar de roupa. Além de aumentar o tônus muscular e fortalecer as costas, a atividade física deve servir para transmitir os bons hábitos posturais e aqueles movimentos que protegem o corpo. Mas durante o resto do dia não se levantar grandes quantidades de peso, nem força ao extremo a resistência dos músculos, é possível de se lesionar. Ao levantar-se da cama ou pegar um objeto do chão, com um movimento brusco pode causar problemas. As posturas que adotamos no trabalho são cruciais e podem também causar lesões e doenças. Isso pode ser evitado recordando e aplicar truques e movimentos que durante o treinamento permitem realizar os exercícios sem o risco de lesões e de forma segura. Embora os objetos não têm o peso que têm, em geral, os halteres utilizadas em um treino, levantá-los incorretamente pode ser prejudicial para o corpo. Agachar-se para pegar algo, envolve várias partes do corpo, por isso, carregar toda a força em áreas não adequadas, pode provocar uma lesão. Ao igual que no ginásio, a principal recomendação é não concentrar toda a tensão nas costas. Para evitar isso, é importante flexionar os joelhos ao agachar-se, manter a coluna direita e fazer a força, principalmente com as pernas. Se o objeto for muito pesado, é aconselhável segurar com ambas as mãos. No caso de querer pegar mais de um, para equilibrar o peso é o ideal para evitar uma má postura ou uma força desequilibrada. Levantar-se de forma rápida depois de estar deitado pode provocar lesões na região lombar, cervical ou inguinal. Uma boa forma de assegurar o movimento adequado é ter presente as posturas ideais e as recomendações na hora de fazer abdominais. Evitar que a parte superior das costas desempenhe o esforço é a chave principal. Também é importante não se envolver aqueles músculos que não devem intervir, como aqueles que se encontram na parte inguinal ou lombar. O ideal é realizar o movimento mais suave possível, concentrando a força no abdômen e ajudando-o com os braços, mas mantendo sempre as costas direita e o pescoço relaxado. Se bem que não se aplica a um movimento ou a posição em particular, recuperar do treino orientação quanto à respiração ajuda a oxigenar melhor os músculos e evitar mal-estares como dores de cabeça, tonturas, desmaios e hérnias. Um dos momentos mais importantes para ter em conta a correta respiração é, ao fazer um esforço. A forma recomendada para realizá-lo é exalar ao levantar um objeto pesado ou fazer uma força, isto é, enquanto os músculos se contraem, e inalar ao alongar os músculos e perder peso. Em um treino, o aquecimento prévio e a flexibilidade, asseguram a boa execução da rotina, melhorar o desempenho e prevenir lesões. Realizar, ao se levantar uma série de exercícios de alongamento ajuda a melhorar o dia-a-dia da flexibilidade. Isto dota o corpo de maiores possibilidades na hora de realizar qualquer tipo de movimento. Quer alcançar objetos elevados, ou o chão, limpar espaços pouco acessíveis, ou levar a cabo com maior facilidade qualquer atividade cotidiana. A saúde e a força das articulações é fundamental para que os movimentos diários não possam danificá-las. Por isso, uma forma de protegê-los é ativá-las constantemente e mantê-los em bom funcionamento. Para realizar qualquer movimento nas costas ou pescoço é fundamental manter a coluna direita. Além disso, a rotação deve ser feita da maneira mais suave possível e sem forçar demais os músculos. O apoio dos pés, ou no caso de estar sentado, os glúteos e as costas é muito importante, pois é onde reside a base do movimento. Não se sentar na ponta da cadeira, a descansar as costas no encosto ou contra a parede são questões a ter em conta. Os movimentos bruscos do pescoço podem causar contraturas ou pontos de apoio, pelo que é imprescindível ter cuidado e realizá-lo de forma cuidadosa e lentamente. Todas as dicas de postura e de proteção do corpo aprendidos durante o treinamento, podem ser aplicadas à vida cotidiana. De fato, muitas lesões esportivas podem aparecer produto de movimentos em falso ou esforços errados realizados em atividades do lar ou do trabalho. Embora os esforços não tenham a mesma magnitude que os do ginásio, necessitam de cuidados semelhantes e alguma atenção. Usar a postura e os movimentos do treino durante o dia é uma boa maneira de aproveitar o que aprendemos e de proteger o corpo de lesões que podem ser evitados.